Nosso Informativo

YouTube desativa legendas da comunidade por causa de spam e abuso

18/08/2020

A partir de 28 de setembro, o YouTube vai desativar o recurso de contribuições da comunidade que permitem aos espectadores adicionarem legendas e subtítulos aos vídeos. O anúncio foi feito na página de suporte do serviço na quinta-feira (30) por uma porta-voz do Google.


Segundo a empresa, tanto criadores de conteúdo quanto espectadores relataram problemas com as contribuições que incluem "spam, abuso e envios de baixa qualidade". No comunicado, é citado que o recurso "raramente é usado em menos de 0,001% dos canais que publicaram legendas da comunidade no último mês".

Ainda, que "ela [a ferramenta de contribuição] é raramente usada e as pessoas continuam a denunciar spam e abuso". Assim, no lugar de optar pelas legendas da comunidade, "os criadores estão usando as ferramentas alternativas de legenda do YouTube".

As outras formas de adicionar legendas aos vídeos permanecem ativas. Além da comunidade, o YouTube disponibiliza legendas enviadas pelo criador e as automáticas, direto da plataforma.

Legendas automáticas (ou pagas)

Como parte do processo, as contribuições atualmente salvas como rascunhos "estarão disponíveis pelos próximos 60 dias" e devem ser publicadas antes de serem removidas. Todas as contribuições já publicadas (títulos, descrições, legendas) continuarão nos vídeos após a data.

O YouTube afirma que ainda vai garantir o custo de uma assinatura de seis meses no Amara.org, serviço de legenda, subtítulo e tradução para vídeos. Essa ajuda será disponibilizada para criadores que usaram os recursos de contribuição da comunidade em pelo menos três vídeos nos últimos 60 dias. O YouTube diz que não vai monetizar nenhuma transação da plataforma.

Além deste, o YouTube também diz que outros parceiros vão fornecer "preços e benefícios especiais" para os criadores.

Em resposta, criadores citaram que a alteração afeta a acessibilidade e podem tomar muito do seu tempo. O YouTube, por sua vez, cita que as legendas automáticas permanecerão disponíveis. Elas estão disponíveis em português, inglês, holandês, francês, alemão, italiano, japonês, coreano, russo e espanhol.